Daniel Paulista e o Guarani 2.0: Vai dar certo? O que esperar do futuro?

0
324 views

Por intermédio do superintendente executivo de futebol, Michel Alves, o Guarani anunciou nesta semana as chegadas do atacante Maxwell e de Junior Todinho. Dois jogadores conhecidos do homem forte bugrino.

Na prática, o Guarani vai recomeçar na Série B. Primeiro porque são atletas que não vem para sentar no banco de reservas. Daniel Paulista terá que quebrar a cabeça para decidir quem fica e quem fica de stand by. Mais: Davó, com seus acertos e defeitos, é um jogador de caracteristicas únicas. E sua ausência vai interferência na dinâmica do time.

A análise é feita em cima do cenário com previsão de que todos estejam em plena forma física e técnica, cujo segundo requisito não ocorreu com Lucão do Break.

Sim, o Guarani recebe dois jogadores com potencial para render de maneira satisfatória e pode ganhar novas opções para o banco de reservas.

Só que não vamos dourar a pílula. Alguém vai sobrar. Acredito que quando estiver recuperado, Júlio César tem cadeira cativa em virtude de sua disciplina tática. E Bruno Sávio tem atuações corretas e faz gols. Como o meio-campo é intocável em termos nominais, uma única peça será promovida. Mas que pode mexer com todo o time.

Independentemente de tais análises, o Guarani 2.0 vem aí. Com reforço no ataque e as velhas temeridades defensivas. Veremos se será suficiente para o restante da Série B.

(Elias Aredes Junior- com foto de Thomaz Marostegan-Guarani F.C)