Elvis, o novo armador da Ponte Preta: torcedor pontepretano, taí o que você queria!

0
845 views

Januário de Oliveira foi um locutor na década de 1990. Desfilava nas transmissões da TV Bandeirantes e  tinha um bordão sempre que o jogo era iniciado: “Taí o que você queria”. Simples, direto e prático.

Assistir aos mais de 90 minutos do jogo da Ponte Preta contra o Operário fez com que a frase surgisse na minha mente. Com os 3 a 0 no placar e o rendimento de Élvis eu poderia muito bem dizer ao torcedor pontepretano: “Taí o que você queria”. 

Élvis é o camisa 62 com espirito de camisa 10 e que encarna o papel com vontade. Não somente na técnica e no posicionamento mas na atitude. Bola parada? Agora é com Élvis. Seja para cobrar o escanteio que gerou o gol de Matheus Silva como para iniciar a jogada que deu origem ao penalti cobrado e convertido por ele.

Você quer inteligência? Élvis provou que pode desempenhar tal papel. Seja nas viradas de jogo, enfiadas de bola ou para fazer o passe e a parede para Artur cruzar e fazer o terceiro gol.

Tem problemas? Evidente. É um ser humano. Não é máquina. Percebe-se que precisa aprimorar a forma física e aprimorar a marcação.

Mas é impossivel deixar de notar: se estiver interessado e focado, Élvis vai ganhar jogos. E arrancar um sorriso do torcedor pontepretano. Não é pouco.

(Elias Aredes Junior com foto de Álvaro Junior-Pontepress)