Guarani 0 x 0 Sampaio Côrrea: decepção é a palavra que traduz a atuação no Brinco de Ouro

0
319 views

Sem inspiração e lances de destaque, o Guarani não saiu de um empate por 0 a 0 com o Sampaio Correa, em jogo realizado na noite desta terça-feira e válido pela Série B do Campeonato Brasileiro. O resultado deixou a equipe com 23 pontos, mas ainda dentro da zona de classificação antes do término da rodada. O próximo desafio será no sábado, às 21h, contra o Vasco, fora.

O cenário foi confirmado desde os minutos iniciais. O Guarani com a posse de bola enquanto que o time maranhense tinha o contra-ataque por intermédio de Jean Silva. Mas mesmo os lateral Luiz Gustavo e Felipinho não tinham o ataque como prioridade. Pelo contrário. A ordem era fechar os espaços. Uma missão facilitada aos 10min quando Julio César saiu por lesão e autorizou a entrada de Andrigo.

Apesar da técnica e habilidade, o camisa 10 não tinha como demonstrar a velocidade e o volume de jogo desejado. Resultado: tudo ficava em torno das jogadas pelo lado com Diogo Matheus, Régis e Bruno Sávio.

Chances foram criadas? Sim. Mas o volume de jogo era administrado pelo time maranhaense e em ultimo caso o goleiro Mota aparecia para salvar. “”Nos comportamos bem no primeiro tempo, mas infelizmente não fizemos o gol. Temos que ter atenção na saída de bola, no passe. Agora é voltar para o segundo tempo e continuar criando as chances e sair à frente no placar”, disse Régis ao final do primeiro tempo.

No segundo tempo, o Guarani buscou todas as alternativas possíveis para chegar ao gol. Escalou o centroavante Lucão do Break e Allan Victor para incutir velocidade e com isso viabilizar a criação de jogadas. Não faltaram chances, seja com Régis ou mesmo com Bruno Silva em jogadas ensaiadas.

Não adiantou. A afobação tomou conta e no final a falta de inspiração prevaleceu. Empate com sabor de derrota. (Elias Aredes Junior-com foto de Thomaz Marostegan-Guarani F.C)