Guarani, Daniel Paulista e o acerto de lutar contra a mesmice no futebol. Mesmo quando não dá certo!

0
282 views

O empate com o Sampaio Correa por 0 a 0 deixou um gosto amargo no torcedor bugrino. Dois pontos escaparam e que poderiam deixar o time ainda mais solidificado na briga pelo acesso.

Um das decisões tomadas pelo técnico Daniel Paulista e que foi gerador de controvérsia teve a entrada de Andrigo no lugar de Julio César logo no começo do primeiro tempo. A retirada de um jogador operário e velocista para um cadenciado gerou criticas, especialmente pela lentidão demonstrada no gramado e o próprio rendimento apagado de Andrigo.

Também trilhava por esse caminho mas a entrevista coletiva proporcionou um outro ponto de vista.

Daniel Paulista afirmou que desejava incutir maior criatividade no meio-campo diante da postura do adversário e seu sistema de marcação.

O normal seria acionar Pablo ou Allan Victor e a velocidade seria sustentada para os 80 minutos restantes. Apesar do resultado não ter sido satisfatório, é preciso elogiar Daniel Paulista por um aspecto: saiu da mesmice.

Nos últimos anos,  pedimos aos técnicos que façam o clássico feijão como arroz.

Não inventem.

No fundo, ao incentivar esse pacto com a mediocridade – ou seja, de ser mediano- impedimos a evolução do próprio futebol brasileiro e dos clubes, Guarani incluído.

Alguns exageram? Evidente porque muitas vezes encarnam o papel de professor Pardal. Só que tiram a opinião pública da zona de conforto e provocam uma discussão mais ampliada sobre futebol e cujo exemplar acabado deste cenário é Fernando Diniz, atual técnico do Santos.

Não podemos e nem devemos exigir o trivial de Daniel Paulista.

Ele precisa arriscar. Com moderação, é claro.

Assistir aos jogos  a beira do gramado e lançar mão de estratégias para fazer a diferença em instantes emblemáticos.

Se fizer o que todos esperam, se não sair do roteiro, o final dificilmente será feliz. Daniel Paulista, não desista. Invente. Tente. Dentro de suas possibilidades, faça um Guarani diferente.

(Elias Aredes Junior- com foto de Thomaz Marostegan-Guarani F.C)