Matheus Jesus, novo reforço da Ponte Preta. Ele merece o benefício da dúvida?

0
771 views

O volante Matheus Jesus foi confirmado como reforço da Ponte Preta para 2022. Será integrante do elenco do Paulistão e da Série B do Campeonato Brasileiro. De imediato, torcedores pontepretanos invadiram as redes sociais para reclamar sobre a aquisição. Muitos aprovam, é claro, mas outros dizem que o investimento não vale a pena em virtude do seu histórico profissional. Traduzindo: indisciplina.

Independente do jogador mostrar nas redes sociais um comportamento mais focado e familiar, é de ficar estarrecido a (falta de) memória do torcedor pontepretano. Ou de parte da torcida.

Primeiro porque Matheus Jesus já teve lampejos que justifiquem a aposta em seu futebol. Apesar de que não podemos ignorar que em vários clubes o seu rendimento foi abaixo da critica. Algo que justifica o pé atrás do torcedor.

Agora, será que Matheus Jesus não deveria ganhar um fôlego em virtude do fracasso daqueles que passaram na posição de primeiro ou segundo volante na Macaca em 2021?

Ou alguém já esqueceu das atuações decepcionantes de Vini Locatelli com a camisa pontepretana? Ou a demora para que Marcos Junior emplacasse um bom futebol? O que dizer então da fase em que tínhamos que nos contentar com o futebol burocrático e sem imaginação de Dawhan? E a limitação técnica de André Luiz? E os problemas físicos de Lucas Cândido? Todos esqueceram?

Se a Macaca tivesse apresentado um meio-campo soberbo, versátil e destemido na ultima Série B, concordaria plenamente com toda e qualquer desconfiança direcionada a Matheus Jesus. Afinal, você trocaria o certo pelo duvidoso. Não é o caso. Longe disso.

Pela incompetência daqueles que vestiram a camisa pontepretana neste ano, Matheus Jesus merece, no mínimo, um tempo para mostrar seu futebol. Em comparação com aquilo que é comprovadamente ruim, o (quase) desconhecido sempre leva vantagem. Em qualquer situação.

(Elias Aredes Junior- foto Divulgação pontepress)