Rodrigo Andrade, volta ao Guarani e a capacidade de escolha do jogador na atualidade

0
581 views

As últimas horas foram sacudidas com a possibilidade de Rodrigo Andrade vestir camisa do Guarani nesta temporada. Como não aconteceu o acordo com o time árabe, a tendência é que um novo compromisso seja firmado com o Alviverde. Apesar de que não se pode ignorar ou esquecer o desejo da Ponte Preta de contar com o atleta, admitido em entrevistas pelo presidente Marco Antonio Eberlin.

Entretanto, a sequencia de acontecimentos serve para que possamos fazer uma reflexão sobre como por vezes o jogador desperdiça chances de firmar e construir uma carreira sólida em troca de dinheiro fácil e rápido.

Ninguém será louco de esquecer a temporada feita por Rodrigo Andrade com a camisa do Guarani. Volante rápido, de bom passe, com capacidade de armação e de arremate, o atleta foi peça preciosa no esquema do técnico Daniel Paulista na Série B. Não condeno aqueles que traçam perspectivas mais positivas ao Guarani na reta da maratona futebolística se Rodrigo Andrade estivesse em forma e presente no gramado.

Mas é preciso dizer: Rodrigo Andrade fez sua primeira aparição em um grande centro e com bom futebol. Ao invés de correr desesperado atrás da grana do Oriente Médio, será que o salutar não seria esperar uma proposta do futebol brasileiro ou até renovar o vinculo com o Guarani, permanecer mais uma temporada e aí sim pensar em etapas mais ousadas?

Você pode dizer que deve ser orientação de seus auxiliares. Pode até ser correta esta percepção. Mesmo assim não deixa de ser um equívoco. A vida é feita de escolhas. E por vezes é melhor esperar e fazer a escolha correta do que embarcar em aventuras.

(Elias Aredes Junior-Foto de Thomaz Marostegan)