Análise Especial: Ponte Preta, ausência de informações e as pequenas pedras que criam ressentimento. A bola não entra por acaso!

0
242 views

O amor genuíno é construído nos detalhes. Uma palavra, frase, a revelação de uma atitude. Tudo conta para que você entregue o seu coração, o seu sentimento a um semelhante. Isso vale para um relacionamento amoroso, amizade ou para a construção até de vinculos no sua seara profissional. O ressentimento, ódio ou a indiferença também são construídos em pequenas pedras.

Quando sua revolta explode, pode acreditar: aquilo estava represado há tempos. Falo isso porque entendo que a Diretoria Executiva da Ponte Preta perde-se nos fatos miúdos, na ausência de sensibilidade para saber que não são apenas os associados ou integrantes do Conselho Deliberativo é que devem ter acesso a totalidade das informações.

O torcedor da Ponte Preta é, antes de tudo, um apaixonado por seu clube. É enlouquecido pelo Majestoso, pelas revelações das categorias de base e por aquilo que faz ele ser pontepretano de corpo e alma. Diante disso, uma pedra fundamental não pode ser esquecida: o torcedor pontepretano quer saber de tudo. E de preferência por intermédio da via oficial. Evidente que jornalistas podem e devem informar tudo aquilo que acontece no gramado e nos bastidores.

Evidente que uma pergunta salta aos olhos: por que a divulgação de alguns são postergados na Ponte Preta? O que ganha o clube em atrasar a divulgação?

E deixou claro em caixa alta: A ASSESSORIA DE IMPRENSA TEM CULPA ZERO NESTE COMPORTAMENTO. É claramente uma política digamos, de estado. Ou seja, da Diretoria Executiva.

Neste domingo, por exemplo fiquei sabendo pelo twitter do jornalista Wendell Coral que Fábio Barrozo é o novo gerente do time Sub-23. Algo que não foi informação pelos canais oficiais do clube. Ok, você pode alegar que não é algo relevante. Mas pergunto: então porque não se divulgou? Qual a justificativa? Por que isso?

A Ponte Preta está na penúltima colocação da Série B, com nove pontos. É, a bola não entra por acaso.

(Elias Aredes Junior- Foto CBF-Divulgação)