Atuações Ponte Preta: um time que melhora a cada dia. Por Israel Moreira

0
679 views

Confira as notas da atuação da Ponte Preta contra o Brasil de Pelotas:

Ivan – Uma única defesa no primeiro tempo espalmando para dentro da área, num chute de longa distância. Capitão, passa segurança aos demais atletas. (5,5)

Felipe Albuquerque – Bem na marcação como sempre, mas hoje esteve abaixo do rendimento ofensivo que já apresentou com a camisa da Ponte. (5)

Cleylton – Nao comprometeu e quase fez o seu, em uma boa defesa do goleiro Marcelo. (5,5)

Rayan – Boa partida do zagueiro ponte-pretano. Seguro nas jogadas de “chão”, necessita de sequência de jogos para se firmar como titular da quarta-zaga. (6,5)

Rafael Santos – Tentou algumas jogadas de ataque, como no cruzamento perfeito para o gol de João Veras. (5,5)

Marcos Junior  – Boa movimentação no meio campo ponte-pretano na primeira etapa. Caiu de produção no segundo tempo, errando alguns passes. A frente dos dois zagueiros, melhorou o rendimento do sistema defensivo. (5)

Lucas Cândido – Boas inversões de jogadas, sempre de cabeça erguida. Deu uma dinâmica diferente ao meio campo. Destaque na primeira etapa. Sentiu a falta de ritmo no segundo tempo. (6)

Fessin – Pouco participativo no jogo de hoje. Fez um gol em puro oportunismo, que acabou anulado pelo VAR. (5)

Moisés  – Uma bola na trave na etapa inicial. Suas jogadas individuais são praticamente mortais. Na segunda etapa, foi bem marcado, com um homem na sobra, não conseguiu repetir as boas partidas que já apresentou. Não desiste, não “pipoca”, joga com a alma do torcedor. (6)

João Veras – Anotou um gol de cabeça no início do jogo, mas também anulado pelo VAR. No gol anulado de Fessin, era ele quem estava impedido no início do lance. Destaque ofensivo, deu a vitória a equipe ponte-pretana com um gol aos 45 minutos do segundo tempo. (7,5)

Richard – Estabanado, até que fez um bom primeiro tempo, com jogadas interessantes de ataque. Falta qualidade e precisão na hora de finalizar ao gol. (4,5)

Gilson Kleina  – Mesmo perdendo Rodrigão, viu a estrela do substituto João Veras, brilhar no jogo de hoje. Mexeu bem na segunda etapa colocando o time mais a frente e encurralando o Brasil no campo de defesa, que só lhe sobrava os contra-ataques. Tem o time nas mãos e vem crescendo a cada rodada. (7)

Substituições:

Camilo – Entrou bem jogando próximo ao Moisés e ao João Veras. Tem qualidade para ser titular, o que só depende dele mesmo. (5)

Niltinho – Segurou a bola no ataque, procurou as faltas, amarrando o adversário. Ajudou no que lhe foi pedido. (5)

Thalles – Outra boa entrada na segunda etapa, procurando os espaços e chegando ao campo defensivo do adversário com mais rapidez. (5)

Marcelo Hermes – Sem Nota.

Léo Naldi – Sem Nota.

Opinião: Resultado excelente da Macaca, que rodada a rodada vai construindo e encontrando seu esquema de jogo, passando a ser soberana dentro de casa.

(Notas dadas por Israel Moreira-Especial para o Só Dérbi-Foto de Alvaro Junior-Pontepress)