Futebol letal no ataque e consistência defensiva: o Guarani virou favorito para terminar no G4 após 38 rodadas. Basta sustentar o pique!!

0
469 views

Série B do Campeonato Brasileiro precisa ser analisada sob diversas óticas. Em longo prazo, é preciso analisar o perfil da campanha e na reta final detectar quais equipes produzem um futebol condizente com uma vaga na primeira divisão.

Se levarmos em consideração o aspecto global da competição, apesar da oscilação nas ultimas rodadas, o Coritiba provavelmente (provavelmente!) conquistará a sua vaga pela regularidade. Futebol pragmático, sem sustos. O Botafogo, por sua vez, deve sagrar-se campeão especialmente pelo segundo turno impecável.

Mas o histórico da Série B demonstra que é possivel conquistar uma das vagas com um sprint final e com futebol de qualidade, algo feito pelo Bahia. E que está sendo construído pelo Guarani em 2021.

Quem conhece este espaço, sabe que ufanismo não tem vez.

Mas fatos e são fatos.

E na atualidade, ninguém joga um futebol com a qualidade do Guarani.

E com uma fusão de fatores que é díficil de encontrar: solidez defensiva e ataque avassalador. Uma reviravolta que deve ser creditada totalmente ao técnico Daniel Paulista. Após a derrota para o Confiança adotou atitudes nobres.

A primeira foi a de admitir que a equipe tinha rendido abaixo da critica e que isso foi determinante para o revés diante de um integrante da zona do rebaixamento. E respondeu as criticas das redes sociais e da imprensa com trabalho.

O time melhorou.

Está consistente.

E tem hoje controle emocional para as adversidades. Isso tudo pode sumir nos jogos contra Goiás e Botafogo?

Pode.

O futebol é imprevisível assim como o comportamento humano. Mas hoje não há como fugir da constatação: o Guarani é favorito para terminar entre os quatro primeiros da Série B e voltar a primeira divisão. O resto é conversa para boi dormir.

(Elias Aredes Junior com foto de Thomaz Marostegan-Guarani F.C)