Guarani: como estão seus concorrentes na Série B?

0
739 views

Apesar do sonho de buscar o acesso á divisão de elite do Campeonato Paulista, a Série B do Brasileirão não pode ser esquecida pelo Guarani. Diante disso, a reportagem fez um levantamento do desempenho dos 19 concorrentes bugrinos em termos de pontuação nos campeonatos em que está inserido, além de um toque ou outro de bastidores. Confira:

ABC(RN)- Geninho está prestes a completar um ano de permanência no cargo. Tem como saldo a conquista de um campeonato potiguar e um acesso na Série C. Hoje, é líder do grupo D da Copa do Nordeste. É líder da Copa Cidade de Natal (Campeonato Potiguar) com 14 pontos em seis rodadas.

América Mineiro- Manteve o técnico Enderson Moreira. Tem um ponto no grupo B da Primeira liga e está na quinta colocação do Campeonato Mineiro, quatro pontos atrás de Atlético Mineiro e Cruzeiro.

Boa Esporte- Está no Módulo II do Campeonato Mineiro. Estreia no dia 18 contra o Uberlândia. Conseguiu classificação para a próxima fase da Copa do Brasil ao ganhar do São Raimundo. O técnico é Julinho Camargo, ex-auxiliar técnico de Paulo Roberto Falcão e com passagem pelo Goiás e pelo próprio Boa Esporte.

Brasil de Pelotas- Treinado por Rogério Zimmerman, o time amarga a vice-lanterna da primeira fase do Gauchão com um ponto ganho em três rodadas. Estreou na Primeira Liga e foi derrotado pelo Internacional por 2 a 1.

Ceará- Depois de Sérgio Soares, a equipe aposta em Gilmar Dal Pozzo, que conduziu a Chapecoense ao acesso em 2014. Por enquanto, o time lidera a fase inicial do Campeonato Cearense com 16 pontos em sete jogos. Na Copa da Primeira Liga, o time está no mesmo grupo de Flamengo, Grêmio e América Mineiro e por enquanto tem um ponto somado.

CRB- Léo Condé entrou no lugar de Mazola Junior e por enquanto o saldo é o seguinte: na Copa do Nordeste, a equipe é líder do grupo D com cinco pontos ganhos em três jogos. Na primeira fase do Campeonato Alagoana, o time lidera o Grupo A com sete pontos ganhos em três rodadas, mas ao contar todas as equipes fica na quarta posição, dois pontos atrás do ASA de Arapíraca.

Criciúma- Treinado pelo ex-atacante Deivid e com um novo Centro de Treinamento à disposição, o Tigre por enquanto está na terceira posição do Catarinense com sete pontos somados em cinco rodadas. O líder é o Avaí com 13 pontos. Na Copa da Primeira Liga fez um jogo e perdeu do Fluminense. Na quinta-feira, jogará pela Copa do Brasil contra o Santo André na casa do adversário.

Figueirense- Apesar do rebaixamento, Marquinhos Santos foi mantido no cargo. Apesar do triunfo sobre o Criciúma por 4 a 2, o trabalho do técnico é contestado pela torcida. No Campeonato Catarinense está na quarta posição com sete pontos e perde do Criciuma nos critérios de desempate. Estreia na Copa do Brasil diante do Rio Branco (AC). Fez um jogo pela Primeira Liga e perdeu.

Goiás- Apostou na continuidade do trabalho com Gilson Kleina. No grupo A, o time goiano tem 11 pontos ao lado do rival Vila Nova e com cinco jogos disputados. Na Copa do Brasil estreia quarta-feira na Copa do Brasil diante do Itabaiana (SE). Os atacantes Léo Gamalho e Walter continuam como principais destaques.

Internacional (RS)- Deve ser a coqueluche da futura Série B. No entanto, por enquanto decepciona no Gaúchão pois é o décimo colocado com dois pontos em um torneio com 12 equipes e dois rebaixados. Na Copa da Primeira Liga, o quadro é melhor pois disputou dois jogos e venceu Brasil de Pelotas e Fluminense. Estreia nesta quarta-feira na Copa do Brasil contra o Princesa de Solimões.

Juventude- Paulo César Parente foi promovido após a saída de Antônio Carlos Zago ao Internacional (RS). Teve o seu primeiro terremoto ao perder do Murici-AL e ser eliminado da Copa do Brasil. No Gáuchão está na sexta colocação com cinco pontos ganhos. O Gremio lidera com seis pontos.

Londrina- Com o mesmo técnico há cinco temporadas – Cláudio Tencatti – não paga salários acima de R$ 20 mil mensais e por enquanto está na zona de classificação para a próxima fase do Campeonato Paranaense. É o sétimo colocado com quatro pontos ganhos. O Paraná lidera com nove. Na Copa da Primeira Liga, a equipe jogou duas vezes e já tem seis pontos somados após vencer Avaí e Figueirense na condição de visitante.

Luverdense- Após a saída de Junior Rocha para o Novorizontino, o time apostou em Odil Soares e por enquanto o time está com 10 pontos no grupo A ao lado do Sinop. Os dois primeiros passarão á próxima fase. Na Copa do Brasil, a estreia será contra o URT, em Patos de Minas, na quarta-feira.

Náutico- Dado Cavalcante foi contratado e promoveu uma reformulação no elenco. Por enquanto, o saldo é decepcionante. No Campeonato Pernambucano, é o quarto colocado com quatro pontos e está atrás de Sport, Santa Cruz e Salgueiro. O torneio tem seis participantes. Na Copa do Nordeste, é o terceiro colocado do grupo A com três pontos. Os líderes são Santa Cruz e Campinense. Na Copa do Brasil, joga na quarta-feira atua contra o Guarani-CE.

Oeste- Disputa com o Guarani a Série A-2 do Paulistão. É o 12º colocado com cinco pontos ganhos. Estreia nesta quarta-feira na Copa do Brasil ao atuar contra o Friburguense. O inicio decepcionante, no entanto, fez a equipe dispensar Vilson Tadei e apostar em Roberto Cavalo.

Paraná- Sem definição clássica de time titular e claramente em estruturação do trabalho, Wagner comanda o processo de reconstrução do Paraná. Um dos destaques da equipe é Guilherme Biteco, que lidera a competição estadual com nove pontos somados em quatro rodadas. Na Copa da Primeira liga, o tricolor fez um jogo com o Avaí e ganhou por 2 a 0.

Paysandu- Marcelo Chamusca foi contratado para substituir Dado Cavalcante. O inicio não foi bom. Além de perder o clássico para o Remo por 2 a 1, tem três pontos no grupo A1 e está distante da classificação, mesmo com jogadores experientes como o goleiro Emerson, o zagueiro Gilvan, o volante Leandro Carvalho e Wesley, revelado pelo Guarani.

Santa Cruz- Quatro meses de salários atrasados. Rebaixamento na divisão de elite. O Vinicius Eutrópio encarou as adversidades e remontou o time Cobra Coral, com alguns como Léo Costa, o armador Thomaz e revelações como Halef Pitbull. Por enquanto, está na liderança do Grupo A da Copa do Nordeste com sete pontos ganhos ao lado do Campinense e tem cinco pontos em três jogos do Pernambucano, sendo superado pelo Salgueiro.

Vila Nova (GO)- Após o bom trabalho no CRB, Mazola Junior desembarcou em Goiânia e por enquanto não decepciona: é líder do Grupo A ao lado do Vila Nova (GO) com 11 pontos ganhos. Tem resultados inesperados, como o empate por 3 a 3 com o Rio Verde, mas o rendimento satisfaz a comissão técnica de acordo com o noticiário. Na Copa do Brasil, a largada será na quinta-feira contra o Fast Clube de Manaus (AM)

(texto e reportagem: Elias Aredes Junior)