Ponte Preta terá poucas mudanças para enfrentar a Ferroviária

2
1.485 views

O técnico Alexandre Gallo vai para o seu quarto jogo no comando da Ponte Preta e espera ver um time mais com a sua cara no jogo deste sábado contra a Ferroviária no Majestoso.
Apesar do mistério de sempre, com o último treinamento fechado a imprensa, o treinador não pretende fazer grandes mudanças nos nomes que compõe a equipe titular, mas quer uma postura tática diferente. Mesmo com o retorno de Thiago Alves ao setor de zaga e a opção de contar com Felipe Menezes na armação, Gallo sinalizou que apenas Jefferson, retornando de suspensão, será novidade entrado na lateral-direita. “Vamos entrar com o nosso melhor e mexer o mínimo possível, porque eu acho que futebol é sequencia”, garantiu o treinador.

Mesmo com um rendimento abaixo do esperado em 2016, o meia-atacante Clayson tem a confiança do treinador e está garantido na equipe. “Oscilações acontecem com atletas de pouca idade. Nós precisamos melhorar a composição física dele por ser um atleta muito franzino e por isso ele tem dificuldade na recuperação. Mas vejo ele como um ótimo jogador e titular hoje”, afirmou Gallo, que teria a possibilidade de escalar Felipe Menezes no time titular, mas não acredita que o atleta esteja pronto para o início da partida. “Ele vinha há muito tempo sem jogar. É um jogador de massa muscular que depende de estar numa condição muito boa pra jogar e ainda vai demorar um pouco pra chegar nesse estágio”, disse o técnico que ainda celebrou o fato de já ter dúvidas para escalar o time com opções como Ferrugem, Thiago Alves, João Vitor e Felipe Menezes. “Eu gosto do atleta que me dê a dúvida de que ele tem que jogar e não a certeza de que ele não pode”, emendou Gallo que deve escalar para enfrentar a Ferroviária: João Carlos; Jefferson, Douglas Grolli, Fábio Ferreira e Reinaldo; Jonas, Renato e Rhayner; Felipe Azevedo, Wellington Paulista e Clayson.

(Texto e reportagem Paulo do Valle)

2 Comentários