Um agradecimento para Gilson Kleina, Comissão Técnica e jogadores da Ponte Preta! Por Andrea Belletti

0
827 views

Olha eu de novo, agradecendo a quem se deve agradecer.

Apenas se contentar com a manutenção na Série B parecia impensável para mim e para grande parte da torcida.

Mas o cenário terrível e nebuloso que o campeonato nos colocou e toda turbulência extra campo, nos fez duvidar por muito tempo se seria possível esse resultado: foram 11 rodadas na zona de rebaixamento (5 delas na lanterna) e nunca ficamos a uma distância confortável do perigo.

Por muitas rodadas o desespero era maior que a confiança que conseguiríamos sair dessa. Todo jogo era a mesma coisa: na saída aparecia o Gilson Kleina, cada hora com uma ‘desculpa’ para o insucesso. Hoje acho que nem ele acreditava que conseguiríamos sair da situação.

Motivo: a bagunça fora de campo, o despreparo e a incapacidade paro futebol de quem nos dirigia era mais claro que o sol do meio dia.

Fora tudo isso dava pra perceber muitos entendiam nada de futebol. Ninguém aparecia para falar com o maior patrimônio do clube, a torcida.

O cenário estava claro: time limitado, salários atrasados, greve, jogadores com muito medo e inseguros. E aí vem o que para mim foi o marco da virada de chave desse time: por conta da pandemia era tudo muito distante. Eis que em 11/08/2021, numa virada na raça contra um adversário direto, ficou claro pros jogadores que a Ponte nunca esteve e nunca estaria sozinha.

Ao lado dela sempre estaria quem realmente ama ela incondicionalmente. A nossa torcida foi abraçar os jogadores e demonstrar apoio.

Nunca jogamos um futebol vistoso, mas estávamos jogando um futebol ok pro campeonato que nos encontrávamos. A partir de 11/08 uma coisa não faltou: transpiração e vontade.

Contra todo o cenário imposto, a vontade e o comprometimento dos atletas e do treinador (e sua Comissão Técnico) nos livrou de um vexame histórico e perigoso.

A Ponte (e a nossa torcida) não merecem passar pelo que passamos esse ano.

Que fique de lição: não se brinca de fazer futebol.

Então finalizando 2021: obrigada Gilson Kleina por não ter abandonado o barco. Obrigada a todos os jogadores que se comprometeram com a causa e honraram nossa camisa até o fim.

Que 2022 seja MUITO melhor. Que essa nova diretoria pense sempre primeiro na Ponte e seja transparente com a gente.

Por dias muito melhores, com amor e com alivio,

(Artigo de autoria de Andrea Beletti-Especial para o Só Dérbi- Foto de Diego Almeida-Pontepress)