Claudinei Oliveira: seu desempenho é decepcionante. Por enquanto. Mas está longe de ser o principal problema do Guarani

0
949 views

Homens e mulheres que detém a vaidade como premissa de vida nutrem dúvidas sobre a roupa que vão vestir. Não é dificil ficarem perdidos no guarda roupa na busca de encontrarem a peça adequada para cada ocasião e evento. O futebol é prato cheio para um comportamento igual. Por falta de debate e de conceito os comandantes perdem a noção daquilo que é necessário para o time e o que deve ser fornecido para que os resultados apareçam. Ficam perdidos e afogados em seus próprios conceitos e ideias.

O Guarani está no sufoco. Luta contra o rebaixamento. Tem jogadores com caracteristicas que podem servir para determinada divisão ou competição de menor nível técnico mas estão longe do ideal para disputarem algo tão exigente como a Série A-1 do Campeonato Paulista.

Qual foi o erro? Os responsáveis pelas contratações todo mundo sabe. Agora, quando os responsáveis renegam uma lista de reforços do técnico Umberto Louzer a negativa traz uma consequência imediata: eles renegam o estilo de jogo do treinador.

Sim, o pensamento é lógico: se ocorreu a indicação dos jogadores é porque eles estavam dentro do seu estilo de trabalho. Não fizeram nada disso. Não fizeram a reposição, contrataramcom critérios próprios, demitiram o treinador e agora na prática dão a seguinte missao para Claudinei Oliveira: vire-se com aquilo que tem na mão. 

Sim, o futebol produzido pelo Guarani com Claudinei Oliveira está muito longe do ideal. Como era deficiente com Umberto Louzer. Agora, qual a esperança de que algo seja mudado? Um novo executivo de futebol com o perfil pró ativo como de Rodrigo Pastana? Esse profissional terá a autonomia necessária? Vai conseguir implantar o seu estilo de trabalho? Que segurança o novo comandante do futebol terá diante dos antecedentes de erros e erros de gestão no futebol profissional?

O problema do Guarani não vai terminar ao escapar da Série A-2. Pior: se não ocorrer uma mudança de procedimento de escolha e critério nas contratações, o cenário só tende a piorar. Infelizmente.

(Elias Aredes Junior-Foto de Raphael Silvestre-Guarani F.C)